terça-feira, 20 de março de 2018

Vencedores do Concurso da Porto Editora "Estranhão"

Foi com muito orgulho que ontem , dia 19 de Março, a Senhora Coordenadora da EB Abade de Mouçós entregou o primeiro Prémio do concurso promovido pela Porto Editora, aos alunos: Naíma Rodrigues da Turma A7 e Rui Peniche.
A Editora enviou para as turmas de 4º ano de escolaridade uma edição com excertos da obra o Estranhão de Álvaro Magalhães. Os alunos tinham, após a sua leitura, de responder a uma ficha de leitura no menor espaço de tempo possível e acertadamente.
Estes foram os felizes contemplados a quem dirigimos os nosso parabéns e de quem nos orgulhamos que frequentem a nossa escola. Este prémio, edição integral da obra, serve para motivar este e outros os alunos para a leitura.



















dia do Pai

Ontem, dia 19 de Março comemorou-se na nossa escola, "O Dia do Pai". Nas salas de aula os alunos confecionaram pequenas lembranças para os pais. Na biblioteca os alunos mais crescidos(1º ciclo), debruçaram-se sobre o conteúdo da obra em formato digital e físico: " Foi o pai que me disse" de Astrid Desbordes e Pauline Martin e através dela puderam falar de emoções, sentimentos, afetos....Foram sessões muito participadas pelas crianças.
Os alunos das salas de Pré Escolar assistiram à leitura digital do livro: O Pai Galinha e o seu Pintainho" de Bernardino Pacheco e ilustrada por Raquel Pinheiro.
Esta história alerta para questões de género; são atribuídas tarefas ao pai que tradicionalmente eram só executadas pelas mães.
Foi um dia muito interessante e propício à reflexão!!








segunda-feira, 5 de março de 2018

ABERTURA COM LEITURA





No dia 5 de março deu-se início à Semana da Leitura do Agrupamento Morgado de Mateus.
A Abertura foi assinalada com Leitura do texto: "A Lua Foi Ao Cinema" de Paulo Lewinski Filho, em todas as salas da Nossa Escola.
A Turma A1 de 1º ano de escolaridade desafiou uma encarregada de educação, D. Paula Dias para iniciar a sessão. Esta preparou um power point e de uma forma muito apelativa fez a abordagem deste bonito texto.
As restantes turmas fizeram leituras coletivas e elaboraram trabalhos escritos e de expressão plástica.








































sexta-feira, 2 de março de 2018

SEMANA DA LEITURA 2018

EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS REALIZADOS EM SALA DE AULA



Clica no link para veres os trabalhos realizados na nossa escola.

https://www.facebook.com/photo.php

ENCONTRO COM JOSÉ PAULO SANTOS

EDUCAR O OLHAR PARA AMPLIAR O PENSAMENTO


Clica nos links para veres as fotos da atividade e o filme produzido.


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=565956203768336&set=pcb.565962900434333&type=3&theater


O filme "A princesa e o sapo"

Projeção de curta-metragem com máquinas de projeção antiga de cinema mudo


No dia 7 de março , no ambito da semana da leitura do Agrupamento Morgado de Mateus, "Literatura e Cinema", foi com muito gosto que recebemos na nossa Escola o Sr. Duarte Carvalho e duas pessoas relacionadas com o Museu de Som e Imagem e com a Biblioteca de Vila Real, para assistir a uma projeção de cinema mudo com máquinas de projeção contemporâneas dos filmes apresentados.
Os alunos tiveram muito interesse em observar estas peças de museu em ação e ouvir o Sr. Duarte a fazer uma breve resenha histórica do cinema a nivel nacional e internacional!
Revestiu-se de particular interesse, esta atividade já que os alunos nunca tinham visto como era projetado um filme, nem o que esta atividade implicava.
Um bem haja ao Sr. Duarte Carvalho, bem como a equipa que o acompanhou e também ao Sr. Diretor da Biblioteca Municipal de Vila Real, Dr. Vitor Nogueira ,que desde o primeiro momento acarinharam e se disponibilizaram proporcionar esta atividade às crianças da nossa Escola.

Clica no link para veres fotos da atividade




SEMANA DA LEITURA 2018



Cartaz da Rede de Bibliotecas de Vila Real (RBVR)
Autor: Carlos Santelmo


Liberte o leitor que  há em si!
Rede de Bibliotecas de Vila Real Celebra Semana da Leitura de 5 a 9 de março

“A linguagem já abriu porta à magia: desde o momento em que toda a coisa chama imediatamente ao espírito a palavra que a designa, a palavra chama no mesmo instante a imagem mental da coisa que evoca, conferindo-lhe mesmo que seja ausente, a presença” . Edgar Morin

PAPO COM LUMIÈRE
Oi, Louis Lumière, que alegria falar com você
através do tempo e dos seus filmes-relâmpago!
Vou assistir agora, 89 anos depois,
à saída dos operários do seu estúdio
(que você modestamente chamava de fábrica)
em Lyon Monplaisir para o prazer de todo mundo
que mediante um franco de entrada, no subsolo do Salão Indiano do Grand Café
Curtia dez filmezinhos de 17 metros cada um.
Maravilha!
Vão saindo as mulheres de chapéus emplumados
e bustos generosos, como para uma festa,
mas vão para casa de subúrbio preparar o magro jantar de família,
operárias da ilusão, que até hoje distribuem quimeras.
Só você e o mano Augusto não perceberam:
Pensavam ter lançado uma simples curiosidade científica
De breve duração, brincadeira sem consequências
E criaram um outro mundo dentro do mundo velho e bocejante.
Libertaram as paisagens, soltaram as imagens:
Elas agora entram em nossas casas, misturam-se com as nossas vidas.
Maravilha...
Olha a locomotiva que salta da tela, espalhando susto e fumaça na sala de projeções,
Olha Madame Lumière pescando delicadamente peixinhos vermelhos
E o jardineiro levando banho do regador descontrolado...
A invenção ingénua transformou-se em formidável indústria universal
Que chega até à lua e embala o sonho dos seres humanos.
Obrigado, meu velho!
 Carlos Drummond de Andrade, Poesia Errante, 1988


Promovida pelo Plano Nacional de Leitura / PNL, a Semana da Leitura constitui um dos maiores eventos nacionais em torno do livro e do leitor. Escolas, entidades públicas e privadas são convidadas a juntar vontades, a formar parcerias, a mobilizar comunidades, e desafiadas a criar estratégias / atividades em torno da leitura, entendida esta como ato comunicativo, espaço de diálogo, objeto de prazer, ato criativo e exercício de liberdade.
Respondendo ao repto que lhe é lançado pelo PNL, a Rede de Bibliotecas de Vila Real / RBVR (que integra os Agrupamentos da Escola Diogo Cão e Morgado, as Escolas não Agrupadas Camilo Castelo Branco e S. Pedro, a Biblioteca Municipal de Vila Real e a Biblioteca Central da UTAD), tem vindo a desenvolver um conjunto de atividades conjuntas, mobilizadoras da comunidade e facilitadoras da criação de um ambiente integral de leitura, em contextos de aprendizagem formal e não formal. Neste processo de promoção da socialização da leitura, tem contado com o apoio do Município.
Este ano, a Semana da Leitura decorre no período de 5 a 9 de março. O tema escolhido pela RBVR é a Literatura e o Cinema. As propostas de atividades, dirigidas a alunos e professores das escolas da Rede (da pré-escola ao 12º ano), são variadas: curtas metragens, transposição fílmica de livros, guiões que se transmutam em livros, ateliers de escrita de guiões cinematográficos, oficinas (de brinquedos, stop-motion), palestras sobre literatura e cinema, encontros com autores e realizadores, debates em torno de escritores (Fernando Pessoa, José Saramago, Rui Zink e José Carlos de Oliveira). Paralelamente a estas atividades, haverá uma atividade de escrita colaborativa em rede – “De m@o em m@o”. Trata-se da elaboração de um livro por todos os alunos do 9º ano das escolas de Vila Real, que culminará com a publicação de um ebook, com recurso à ferramenta digital ISSUU.

“Liberte o leitor que há em si!”


Fica o convite! Boas Leituras!

Rede de Bibliotecas de Vila Real, Adelaide Jordão (coordenadora)-  

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

TEATRO REFLEXO - MISTÉRIO NO SOTÃO

Foi com muito gosto e alegria que a nossa Escola recebeu, uma vez mais, a companhia de Teatro "REFLEXO" , que à semelhança dos anos anteriores, nos brindou com mais uma fantástica produção : "Mistério do Sótão" de Michel Simeão.
A temática foi ao encontro dos interesses das crianças, caraterizado pelo seu lado musical de rockn`roll, aliado a um fantástico mundo de mistério, muita imaginação e divertimento.
Felicitamos este grupo que já comemora dez anos de existência com um espetáculo muito aclamado pelo público infanto-juvenil .